21 de nov de 2013

Feliz da Vida é uma brisa numa tarde de sol carioca!

1. Feliz da Vida! (Ângela Ro Ro / Moska)
2. De Amor e Mar (Ângela Ro Ro / Ricardo Mac Cord)
3. Vou Por Aí... (Ângela Ro Ro / Antonio Adolfo)
4. Capital do Amor (Ângela Ro Ro / Jorge Vercillo) - com Jorge Vercillo
5. Ela sumiu (Ângela Ro Ro)
6. Muitas Canções (Ângela Ro Ro / Lana Braga)
7. Romance Espetacular (Ângela Ro Ro / Carlota Marques)
8. Fogueira (Ângela Ro Ro) - com Maria Bethânia
9. Salve Jorge! (Ângela Ro Ro) - com Diogo Nogueira
10. Pinto Velho (Ângela Ro Ro)
11. Opium (Ângela Ro Ro)
12. Beijos na Boca (Ângela Ro Ro / Sandra de Sá) - com Sandra de Sá
13. Tudo Por Um Triz (Ângela Ro Ro / Mario de Castro)
14. Canto Livre (Ângela Ro Ro / Ana Carolina)
15. Malandragem (Cazuza / Frejat) - com Freját
16. Feliz da Vida! (Ângela Ro Ro / Moska)
17. Amor Meu Grande Amor (Ângela Ro Ro / Ana Terra)

Deve ser difícil para um cantor ou cantora fazer um primeiro disco que seja uma obra-prima definitiva. Ele se torna refém desse primeiro trabalho cheio de frescor e inspiração pelo resto de sua trajetória, e tudo que ele faça posteriormente será, de um modo ou outro, comparado a esse primeiro momento.

Angela Rô Rô é desse time. Seu primeiro disco, lançado em 1979 é tão bom, tão especial, tão inspirado, bem tocado e bem cantado, que todos os discos feitos por Angela até agora acabam sofrendo de uma injusta comparação.

Não é o caso de dizer que somente o primeiro disco de Angela seja bom. Não é isso. A grande maioria dos registros da blueseira irreverente de alma cheia de soul e fossa é de excelente qualidade. Mas para se avaliar qualquer novo disco de Angela, nós precisamos descartar esse primeiro disco, para não corrermos o risco da injustiça.
Dito isso, vamos lá: Angela está de disco novo na praça. A cantora que criou fama (muito por preconceito e injustiça) de agressiva nos anos 80 a muitos anos se livrou dos pesos dos vícios e da fossa que, segundo ela mesma, transformaram sua vida num inferno na década de 90, e hoje é uma mulher muito mais leve, não só por conta dos muitos quilos perdidos, mas leve também na alma.

O novo CD (e DVD) de Angela chama-se "Feliz da Vida!" e é uma brisa fresca numa tarde de verão carioca. Essa foi a sensação que me veio ao escutar as novas canções de Angela. A de uma delicioso passeio pela bela orla da Zona Sul do Rio numa tarde de verão, olhando o mar e as montanhas, num estado de total prazer. Feliz da Vida não poderia ser um título mais adequado.

A maioria das canções é inédita, e o destaque é a faixa título, parceria com Paulinho Moska, que aparece em duas versões: uma com o parceiro, a outra somente na voz (sempre belíssima) de Angela. Com exceção de "Fogueira", "Amor meu grande amor" e "Malandragem" (que se justificam pelas participações especiais de Maria Bethânia e Freját, que fizeram sucesso com as duas primeiras e, novamente, de Freját, que compôs a terceira para Angela, mas que esta jamais gravou, deixando o privilégio de lançá-la com imenso sucesso para Cássia Eller), todas as músicas são novas. Jorge Vercilo aparece cantando com Angela outro destaque, a faixa "Capital do amor", mais uma canção com cheiro de Zona Sul carioca.

Angela Rô Rô fez um disco delicioso de se escutar. É um disco simples, despretensioso, ensolarado. Me deixou feliz da vida!

Nenhum comentário:

Postar um comentário